Como usar a sua rede na decoração da casa

Historicamente as redes fazem parte da cultura brasileira, principalmente da região Norte e Nordeste. Mas elas ainda se encaixam na forma atual de morar?

Rede Colorida

Vá direto para onde você precisa:


História da rede de balanço

O uso da rede, é um costume herdado dos indígenas brasileiros. Em 15001, Pero Vaz de Caminha, sem levar em consideração a denominação dada pelos indígenas a esse objeto, nomeou-a como rede de dormir, pela semelhança com a rede de pescar.

Historicamente as redes passaram por uma série de usos (no período colonial era utilizada até mesmo como transporte). Já atualmente, quase não sendo utilizadas para dormir, elas se tornaram um objeto de decoração para descanso nas residências, principalmente pelas técnicas que ao longo dos anos tornaram-nas mais confortáveis, diversificadas e ornamentadas.

Aproximadamente  85%2 da população brasileira vive em áreas urbanas , e com a rotina agitada das cidades e em contexto de pandemia, ter um espaço que remeta a conforto e bem-estar é essencial. Mas como trazer a sensação de aconchego desse elemento histórico para os apartamentos e residências sem comprometer os espaços? Abaixo, veja algumas dicas para adaptar uma rede em espaços pequenos, aliando conforto e decoração!

 


Como instalar redes em espaços pequenos

  • Para evitar incomodar os vizinhos, não coloque os armadores em paredes compartilhadas
  • Os armadores devem ficar posicionados em paredes opostas, que permitam a rede ficar curvada ao ser alocada.
  • Escolha redes compactas, com cerca de 3 metros de comprimento e a altura dos ganchos geralmente variam entre 1,70 a 1,90 m.
  • Nos quartos é interessante que ela fique posicionada ao lado da cama, em paredes opostas, para não atrapalhar a circulação. 

 


Como combinar com a decoração existente

  • No quarto, a rede deve dialogar com os tons existentes, utilize preferencialmente tons complementares.
  • Na sala, opte pela cor da rede que seja próximo ao tom do maior móvel do ambiente, geralmente o sofá.
  • Caso queira apostar em estampas, utilize pontos de destaques para não tornar os espaços sobrecarregados de informações que geram o efeito contrário de aconchego, tais como almofadas, vasos e etc;
  • Uma ótima combinação também são as plantas próximas ao local da rede.
  • Se você quiser uma variante mais moderna, existe a cadeira com pendente.


 


Como prever em espaços futuros

Se você ainda está construindo ou passando por uma reforma, peça ao arquiteto responsável para prever em planta-baixa, os pontos de armadores de rede. Aqui na ConsultecJr, fazemos esse estudo para termos certeza que o layout do espaço não atrapalhará a disposição da rede. 

Aqui no nosso site, você pode acessar o portfólio e ver soluções que já encontramos para nossos clientes realizarem seus sonhos. Você também pode acessar por aqui: Portfólio.

Sendo assim, a rede é uma peça coringa para se ter em casa, pois ela possibilita um local de descanso para adultos, um lazer para as crianças (sempre com a supervisão de adultos) e pode ser útil para ter um espaço de acomodação extra para hóspedes. E com as dicas acima, esperamos que ela também se torne um aliado na decoração da sua casa!

Não perca tempo e veja mais dicas de decoração:


 

Gabrielle Lima, graduanda em Arquitetura & Urbanismo na Universidade Federal do Ceará e Assessora de Suporte.

 


Referências

1. ANDRADE, Maria do Carmo. Rede de dormir. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em:  30 out. 2020.

2. IBGE, 2015. PNAD - População rural e urbana. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18313-populacao-rural-e-urbana.html>. Acesso em:  30 out. 2020.