6 Dicas para economizar na sua obra

Construir uma casa, reformar sua residência, iniciar seu negócio... esses são sonhos de muitas pessoas, que envolvem alegria, orgulho e também muito esforço e planejamento. Uma obra deve ser sempre bem planejada para evitar gastos desnecessários e problemas na execução. Para garantir que sua obra ocorra bem e não traga desperdícios para você, nós trouxemos algumas dicas para que você consiga economizar na sua obra. Vamos construir?

imagem ilustrando a economia.

1. ESCOLHA BEM OS PROFISSIONAIS

 

        O primeiro passo é escolher os profissionais que irão acompanhá-lo nas etapas da sua obra, desde o projeto até a construção. Um mito é que contratar um arquiteto e um engenheiro encarece muito a obra, entretanto vale lembrar que o acompanhamento desses profissionais pode garantir uma economia durante a construção. 

        O arquiteto pode fazer um projeto de forma que atenda todas as suas necessidades de forma simples e especificando os materiais e móveis que serão utilizados. O projeto evitará problemas durante a execução e as famosas “gambiarras”. Além disso, você terá o detalhamento de materiais e móveis, o que lhe possibilita de se programar e organizar custos referentes ao projeto.

       Contratar um engenheiro e mão-de-obra capacitada também é muito importante para garantir a qualidade na execução e evitar imprevistos.

 

2. FAÇA E ESTABELEÇA UM CRONOGRAMA

 

        Elaborar um cronograma da obra com os prazos e atividades de cada etapa é de extrema importância para evitar atrasos na obra, que aumentam os gastos com mão-de-obra, podem levar à perda de produtos estocados, além do aborrecimento de uma obra se estendendo no prazo, atrasando a concretização do tão esperado sonho.

          Portanto, vale reforçar o papel de um profissional qualificado no acompanhamento da obra para evitar esses atrasos.

 

 

3. DEFINA PRIORIDADES

 

         Pense o que é prioridade em cada etapa do projeto e planeje suas compras. O que dá para esperar no meu projeto? É importante colocar o forro agora? Posso aplicar o papel de parede em outro momento? Defina suas prioridades sempre observando o quanto de orçamento você terá disponível naquele período. 

 

4. ESCOLHA OS MATERIAIS

 

         Escolha, juntamente com os profissionais que estão acompanhando sua obra, quais materiais você precisará comprar. Qual o tipo de cimento? Qual porcelanato? Será granito ou mármore? Será forro de gesso? Quais serão as luminárias?

        Defina os materiais e procure fugir daqueles que são muito caros e podem extrapolar seu orçamento.

 

5. PESQUISE PREÇOS

 

      Depois de escolher os seus materiais, evite comprar na primeira loja. Os preços podem variar bastante entre as lojas, então pesquise, procure aquela que ofereça o melhor valor e a melhor promoção. Você será capaz de economizar bastante dessa forma!

 

6. CUIDADO COM A ESTOCAGEM DO MATERIAL

 

      Depois de escolher e comprar os seus materiais pelo melhor preço, é preciso armazená-los de maneira correta para evitar acidentes e desperdícios. 

        Alguns materiais, como cimento e argamassa, possuem prazos de validade que, caso sejam estocados de forma desorganizada, você pode esquecer quais estão mais próximos da data de vencimento e perder material.

      Além disso, é preciso tomar cuidado para não armazenar esses materiais próximos a locais úmidos, pois pode danificar o produto e inviabilizar o uso.

           É importante manter o material protegido do sol, da chuva e de outros agentes que possam danificá-los. Então não esqueça de tomar esses cuidados desde o início da obra!